Sou poeta, obstetra das palavras
Saiu da alma, virou poesia
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Áudios

Acróstico Jonas Luiz
Data: 12/12/2017
Créditos:
Poetajonasluiz
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Jonas Luiz

Acróstico "JONAS LUIZ"

Jamais trairia meu amor
Os que traíram, se arrependeram
Nunca mais foram felizes, só dor
Andam perdidos por aí, divagam
Sem ninguém, sem sorrir, um horror
Lentamente morrendo, definham
Uns já desistiram de viver, desamor
Inevitável solidão, só peregrinam
Zombados pelo destino, só rancor

Jonas Luiz
São Paulo, 12/12/17
Enviado por Poeta Jonas Luiz em 12/12/2017

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras