Sou poeta, obstetra das palavras
Saiu da alma, virou poesia
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Por acaso
Por acaso

Por acaso não é o caso, mas caso as coisas fiquem no acaso é porque é o fim do nosso caso

No ocaso terminou o nosso caso, tentei reverter, mas foi caso perdido
Não sei qual foi a causa, pensava estar causando um boa impressão
Não perdia nenhuma ocasião para falar pra você que tu eras a razão e a causa do meu viver

Mesmo que nunca mais, mesmo que tudo não passou de um simples caso, coisas do acaso
Meu coração acusou o golpe, essa causa é só para os fortes
Mesmo causando um sangramento de morte
Vou seguir vivendo e procurando um novo amor que cause a felicidade

Sei que a vida me dará outras ocasiões
Um novo caso de amor e não será um simples acaso
Será o meu caso definitivo de amor e no ocaso de um lindo dia de sol
Nosso caso entrará para a história

E nós dois casaremos
Conclusão: caso encerrado

Jonas Luiz
São Paulo, 18/02/18
Poeta Jonas Luiz
Enviado por Poeta Jonas Luiz em 18/02/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras