Sou poeta, obstetra das palavras
Saiu da alma, virou poesia
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Deus é a proteção
Deus é a proteção

Idiota útil, ser humano inútil
Levando uma vida fútil
Vivendo do ócio, fazendo qualquer negócio
O mal é seu sócio

Ave de rapina,  tudo que ele toca, contamina
Essa é a sua sina, pura maldade
Sua mente é uma latrina

Destilando por aí seu ódio, um degrau a mais  vai subindo no seu pódio, pódio do mal

Eu só peço a Deus, é o único que pode proteger os seus
Senão já tinha dado adeus para esses dias que são só meus
Ainda está muito cedo, para dar adeus

É briga de gato e rato, a maldade existe  e é fato
A vida serpenteia, a gente foge, a gente se esgueira
De gente do mal, da sua teia
Ninguém está imune, não é coisa alheia

De um jeito sútil, vou seguindo, ninguém me viu
Sobre a proteção de Deus, firmamos um pacto, ele e eu
O bem é sobre o mal, quem comanda a minha vida é Deus

Jonas Luiz
São Paulo, 03/03/18

Poeta Jonas Luiz
Enviado por Poeta Jonas Luiz em 02/03/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras