Sou poeta, obstetra das palavras
Saiu da alma, virou poesia
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Nada mais que emoções
Nada mais que emoções

O grande artista
O poeta desconhecido
O seresteiro trovador
O sertanejo do cordel
Todos têm a mesma alma
Uma voz particular
A poesia que não cala

Todos exalam seus sentimentos
Fazem da inspiração um alento
São pessoas que vivem por aqui
Mas estão além de seu tempo
Entendemos que por aqui
Viveremos por alguns momentos

Soltamos por aí algo que ninguém aprisiona
Deixamos toda nossa emoção vir a tona
Cada dia a vida escancara, joga na nossa cara  novos desafios
Quando você pensa que ninguém viu
Uma linda poesia vinda da alma de um poeta, emergiu

Em particular aprendo com cada novidade
Em cada canto que eu vou, um poeta em cada cidade
Essa raça nunca estará em extinção, pois falam com o coração
Mensageiros da felicidade

Escrever minhas inspirações, provocar grandes emoções
Libertar milhões de corações
Transformar a vida numa festa de mil sons
A poesia mostra que somos todos irmãos

Jonas Luiz
São Paulo, 15/05/18

Poeta Jonas Luiz
Enviado por Poeta Jonas Luiz em 15/05/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras