Sou poeta, obstetra das palavras
Saiu da alma, virou poesia
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Estágio do meu ser
Estágio do meu ser

Nesse estágio do meu ser
Tenho muito a percorrer
Muitos caminhos pra caminhar
Alguns dias pra sorrir e outros pra chorar

Fantasmas que ainda não exorcizei
Momentos fora da lei
Dias que no nada estacionei
Dias de um estranho não sei

Dias que busco respostas
Dias que o mundo vira as costas
São coisas que a gente não gosta
Dias que pouco importa

Instantes de extremo pensar
Dúvidas que pairam no ar
Algo que grita bem forte e diz
Que é proibido desistir

Estágio de ser
Estágio do meu ser
Coisas só minha
Ninguém consegue ver

Jonas Luiz
São Paulo, 04/09/18


Poeta Jonas Luiz
Enviado por Poeta Jonas Luiz em 04/09/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras