Poeta JL Quântico
Saiu da alma, virou poesia
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Fantasmas cromáticos
Fantasmas cromáticos

Fantasmas cromáticos que em meus sonhos posso vê-los
Voando em nuvens claras, em pleno amanhecer

Delírios que a mente cria, paisagens multicoloridas
Pinceladas encharcadas com as tintas da vida

Pensamentos que aceleram como um trem desgovernado
Tiram tintas das paredes e eu as reaproveito quando estou acordado

Minha obra de arte foi restaurada pelo artesão dos sonhos
Ele a retocou, retirou os riscos estranhos
Limpou os borrões medonhos

Os restos, as sobras das cores são misturados nos estertores
De um sonho colorido nada eu descarto, e nisso eu me encaixo

Logo depois despertei, ainda tinham tintas entre os meus dedos
Parecia tudo tão real, então aproveitei
Dei aquele retoque final

29/05/20

Poeta Jonas Luiz
Enviado por Poeta Jonas Luiz em 09/06/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários